Sono - memórias e emocional - Colchões Especiais Maranatha
Tecnologias utilizadas em nossos produtos
Confira informações sobre Bioeletromagnetismo Confira informações sobre aquecimento Confira informações sobre vibro - massagem Confira informações sobre infravermelho longo Confira informações sobre magnetos Confira informações sobre densidade anatômica Confira informações sobre o parecer médico
Entre em contato
Conheça nossa empresa em vídeos
Atendimento online ao cliente
WhatsApp: (45) 9911-2663 / (45) 9128-4626
facebook/atendimentocolchoesmaranatha
 
Novidades
segunda-feira, 18 de maio de 2015
Sono - memórias e emocional
Porque gastamos cerca de um terço de nossas vidas dormindo?...

Porque gastamos cerca de um terço de nossas vidas dormindo?É um dos mistérios que a ciência vem propondo-se a explicar e que pesquisas recentes estão começando a dar respostas.

Pesquisas recentes sugerem que o sono ajuda a consolidar memórias, fixando-as no cérebro, para que possamos recuperá-las posteriormente, enquanto outras pesquisas sugerem que o sono parece também reorganizar memórias, escolhendo os detalhes emocionais e reconfigurando as memórias para ajudar a produzir idéias novas e criativas.

Essas explicações são discutidas em um artigo na "Current Directions in Psychological Science, uma publicação da Association for Psychological Science.” “O sono é o que torna as memórias mais fortes”, diz Jessica Payne, Ph. D, da Universidade de Notre Dame, que co-escreveu o artigo com Elizabeth A. Kensinger, Ph. D, do Boston College.

"Ele (o sono) também parece estar fazendo algo que eu acho que é muito mais interessante, e que é a reorganização e reestruturação das memórias."

Outra questão interessante neste estudo é que durante o sono, a pessoa que sonha tende a "cair" no lado mais emocional da memória. Por exemplo, se alguém é mostrada uma cena, como um carro destruído em primeiro plano, eles são mais propensos a lembrar o objeto emocional (carro destruído) que, por exemplo, as palmeiras no fundo, particularmente se eles são testados após uma noite de sono. Eles também mediram a atividade cerebral durante o sono e descobriu que regiões do cérebro envolvidas com a consolidação de emoção e memória estão ativas.

O cérebro está ativamente trabalhando enquanto dormimos no processo de consolidação das memórias, organização e escolha das informações mais importantes. Além disso, participa da elaboração de idéias novas no processo de criatividade.

"Podemos ir longe com menos horas de sono, mas tem um efeito profundo em nossas habilidades cognitivas." dizem as pesquisadoras.

Fonte: Psych Central

Todas as novidades  /   Ir ao topo  /  Voltar